Loading...

terça-feira, 26 de maio de 2009

Reforço positivo

Este fim de semana passado tive a oportunidade de estar presente num seminário acerca de treino de papagaios, com uma especialista a nivel mundial no treino de animais, Barbara Heindenreich.
Ela defende o reforço positivo como método de treino, com grandes resultados obtidos em diferentes espécies e com todas funciona.
O reforço positivo baseia-se em reforçar com o seu alimento favorito qualquer comportamento desejado no papagaio, e foi muito positivo perceber que muitas vezes exigimos demais aos nossos papagaios quando os estamos a ensinar, por vezes queremos que percebam coisas que para eles são completamente estranhas e devemos ir passo a passo recompensando cada evolução no sentido do que queremos. Como exemplo, no dar a volta no poleiro, ela começa por recompensar meia volta e só à 3ª ou 4ª meia volta exige uma volta completa, claro que se a ave der logo a volta completa melhor, mas o que quero com isto dizer é que devemos ir devagar, recompensando passo a passo o comportamento que queremos.
Um outro truque que me apercebi, é o facto de as recompemsas que ela usava serem de dimensão muito reduzida, assim o papagaio não fica cheio tão rápido e terá maior interesse em efectuar o comportamneto desejado para receber mais, e a cada passo concretizado corretamente, jackpot, uma recompensa maior, desta forma o papagaio estará mais interessado em atingir o jackpot. è bom descobrir qual a recompensa favorita do papagaio e retirar totalmente essa goluseima da sua alimentação, só tendo acesso a esta nas sessões de treino. Podemos e devemos ir alterando as recompensas, entre as várias goluseimas que gostam, assim nunca sabem o que poderá vir a seguir, mas também estas devem ser só alcansáveis nas sessões de treino.
Existem muitos donos de papagaios que não têm o desejo de ver o seu papagaio actuar performances como andar de bicicleta ou saber colocar moedas no mealheiro, mas apenas queriam ter um papagaio simpático que não seja agressivo e que possa andar solto sem destruir a casa, também esses donos devem aprender que com o reforço positivo podem mudar o comportamento dos seus papagaios como que da noite para o dia. Existem centenas de papagaios fechados nas suas gaiolas por vezes minúsculas, apenas porque os donos não sabem como alterar o seu comportamento agressivo. Com umas 10 a 15 sessões 99% desses papagaios passariam a ter uma vida bastante mais agradável, a agradar muito mais aos donos e a ter um estilo de vida bastante mais saudável que o sedentarismo da gaiola.
Clique aqui para ler o artigo completo ->